4/eNHo3nrWiAQmqsMavrUtkjbWw5hehohewMMvbT625jQ.srfgwVWEORcfaDn_6y0ZQNiqObxMmQI

Consultoria Estratégica & Outsourcing

CEO Grupo Consultoria

Gestão da Inovação: Por que Inovar?

Fonte: https://www.google.com.br/url?sa=i&rct=j&q=&esrc=s&source=images&cd=&cad=rja&uact=8&ved=0CAYQjB0&url=https%3A%2F%2Fadntvaudienciadatv.wordpress.com%2Ftag%2Fjornal-nacional-2015%2F&ei=Vv5LVb2WF8GqggSL5IGICw&bvm=bv.92765956,d.eXY&psig=AFQjCNE5Fp4IGz3JY1cmjSaaLiqEP_TxBA&ust=1431129956776509

Você percebeu o novo cenário e “inovador” do Jornal Nacional, da Rede Globo de Televisão?

Você sabe o que é Inovação? Ou melhor, você inova nos meios onde está inserido? Pra que serve a inovação afinal?

Se você tem uma empresa ou negócio e não sabe responder a uma dessas perguntas, PARE agora o que está fazendo e preste atenção: Sua empresa corre o risco de entrar na estatística das que quebram porque não inovam.

Vamos entender alguns conceitos primeiro.

 

Existe três termos que precisamos ter em mente: DESCOBERTA, INVENÇÃO E INOVAÇÃO:

Fonte: Ilustradores.ning.com

Fonte: Ilustradores.ning.com

Descoberta, segundo o Professor da Politécnica da USP Mario Sérgio Salerno, é quando alguém descobre algo que antes estava encoberto. Ele citou um exemplo muito conhecido por nós brasileiros, quando Pedro ALvares Cabral “descobriu” o Brasil. Ele cita ainda quando há uma descoberta científica, precisa ser validada por outros cientistas. Podemos citar por exemplo as recentes descobertas de petróleo nas águas profundas sergipanas a profundidades do pré-sal.

Fonte: Joanisval.com

Fonte: Joanisval.com

Invenção já parte de um construto, um protótipo, diz Salerno. A exemplo os protótipos e depois modelos criados por Santos Dumont, como o 14 Bis e o relógio. Apesar de ser um excelente inventor, o Santos Dumont não comercializou suas invenções, não traduziu suas invenções em negócio, em dinheiro, pontua Salerno.

Fonte: hypescience.com

Fonte: hypescience.com

 

Daí vem do conceito de Inovação. Segundo Salerno, traduzir sua invenção em negócio, comercializar, receber dinheiro por ela, de algo novo, ou que as pessoas acreditam ser novo, isso é Inovação. Ele ainda afirma que para estar no mercado, o agente básico da Inovação é a empresa. Podemos exemplificar isso como a Rede Globo de televisão resolveu apresentar seu “jurássico” (mas não ultrapassado) telejornal, Jornal Nacional. Apesar de continuar sendo líderes de audiência em seu horário por anos, eles certamente perceberam que era importante inovar, criar algo novo (ou não), mas que trouxesse esse novo público, com exigências diferentes, para mais próximo, tornar mais intimista. e por isso deveria inovar, e eles validaram isso com a sociedade “comprando” esse novo conceito, aceitando e mantendo – ou melhorando – a audiência.

Onde isso impacta em nossos negócios? Em todo o processo. Muitas empresas enormes, financeiramente falando, no passado deixaram de existir pelo simples fato de não inovarem. Outras, como a Aplle e Microsoft, saíram de suas garagens para tornarem-se gigantes de faturamento pelo simples fato de inovação.

Fonte: oglobo.globo.com

Fonte: oglobo.globo.com

Se sua invenção trouxe mudanças em seus negócios, certamente você inovou. E isso muitas vezes traz retornos financeiros fantásticos. Por exemplo a Burguer King. Ela foi totalmente inovadora ao criar em seu processo de venda a liberação por 30 minutos de refrigerante ‘grátis’ para seus clientes. a rede social Whatsapp por exemplo, inovou quando através de um protótipo já existente de comunicação, adaptou e comercializou – também de forma inovadora, ao cobrar tarifas anuais – e hoje possui um público ativo acima de 700 milhões.

Então, qual inovação sua empresa está pensando?

Share:

No Comments Yet.

Deixe uma resposta